Relações Internacionais


As relações internacionais do Sindicato das Ciências e Tecnologias da Saúde desde 1984 que se vêm a afirmar como determinantes para o desenvolvimento das profissões.

 

De facto, constituindo-se as profissões das tecnologias da saúde áreas em constante desenvolvimento e mutação, cedo se percebeu que as transformações a ocorrer em Portugal eram influenciadas, em grande medida, pelos padrões europeus e da OCDE.

 

Neste percurso histórico e iniciado com a constituição da ASSITEB (Associação Internacional de Técnicos de Biologia) e a adesão ao ECMLTA (Comité Europeu de Técnicos de Laboratório de Medicina), associado à forte organização das profissões das tecnologias da saúde no nosso País, o SCTS foi contribuindo para abrir portas no relacionamento internacional, seja por via das associações profissionais (algumas já com trajectórias próprias) sejam dos estabelecimentos de ensino da saúde.

 

Este percurso e aposta do SCTS foi, entretanto, reforçado com a adesão de Portugal à União Europeia, constituindo-se numa ferramenta incontornável para a normalização e harmonização de padrões profissionais europeus, bem como para o desenvolvimento de canais de comunicação interprofissional indispensáveis.

 

Levar aos outros as nossas experiências e projectos, bem como trazer para Portugal as melhores práticas e enquadramentos profissionais europeus, constitui-se, assim, um elemento estratégico incontornável, cuja dimensão e alcance nos coloca na posição de País de referência ao nível das tecnologias da saúde.

 

Com esta aposta estratégica do SCTS não se pretendeu, contudo, substituir o papel das associações profissionais já com históricos constituídos. Pelo contrário.

 

Esta aposta nas relações internacionais, a que se associou a criação do Fórum das Tecnologias da Saúde, permitiu aperfeiçoar e aprofundar a qualidade da intervenção internacional, dentro dos princípios da complementaridade de acções do SCTS e das associações profissionais, como se pode constatar através do mais recente exemplo na área da farmácia, do qual resultou que a acção conjunta e conjugada do SCTS e da APLF levasse à constituição da Associação Europeia dos Técnicos de Farmácia.

 

As vantagens desta aposta são por demais evidentes, mesmo para os mais cépticos. Aperfeiçoar e aprofundar esta acção, em cooperação com as associações profissionais, é um objectivo que o SCTS manterá vivo e prioritário.

 

IFBLS

IFBLS (Federação Internacional de Profissionais das Ciências Biomédicas) é uma congénere internacional da EPBS, dado esta última restringir a sua intervenção à Europa.

E.P.B.S.

A EPBS é uma associação europeia de profissionais das ciências biomédicas (áreas laboratoriais).

E.A.P.T

Associação Europeia de Técnicos de Farmácia